quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Ônibus executivo do aeroporto de Brasília vai ampliar rota em 2014

29/08/2013 - CNT

A linha vai incluir o terminal 2 temporariamente até que as companhias aéreas que lá estão sejam transferidas para o terminal 1.

Ônibus executivo do aeroporto de Brasília vai ampliar rota em   2014
Foto: Pedro Ventura Ônibus executivo do aeroporto de Brasília vai ampliar rota em 2014

A Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) vai ampliar a linha 0.113, que sai do terminal 1 do Aeroporto Internacional Juscelino Kubistchek e passa pela área central de Brasília. A partir do próximo ano, ela vai incluir o terminal 2 em suas rotas diárias. 

No entanto, segundo o presidente da TCB, Carlos Alberto Koch, a expectativa é que a ampliação da rota seja temporária. "Em reunião com a Inframerica, administradora do aeroporto, vimos que as companhias aéreas que hoje funcionam no terminal 2 serão transferidas para o terminal 1 até o fim de 2014. Portanto, nossa atuação no terminal 2 será temporária", explica.

Atualmente, o ônibus executivo sai do Aeroporto Internacional de Brasília e passa pela Esplanada dos Ministérios, setores hoteleiros Sul e Norte e Centro de Convenções Ulysses Guimarães. O percurso é de 34,53 km e dura, em média, 1h10. A linha funciona de segunda a sexta-feira, das 6h30 até meia-noite, e aos sábados, domingos e feriados, das 6h30 às 23h, com saídas a cada 30 minutos.

No terminal 1, o ponto de ônibus está temporariamente localizado no piso inferior, próximo ao desembarque internacional. A mudança aconteceu em decorrência das obras realizadas no Aeroporto, de duplicação do viaduto que dá acesso ao piso de embarque de passageiros, iniciada em 1º de julho com prazo de conclusão previsto para dezembro.

Desde que iniciou sua operação, em 29 de abril de 2011, até julho deste ano, o ônibus executivo já transportou 334.321 passageiros. Com tarifa de R$ 8, ar-condicionado e internet Wi-Fi, a linha conta com cinco veículos (três circulam e dois são reservas).

Com informações da Secretaria de Turismo do DF
 
Ana Rita Gondim
Agência CNT de Notícias

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Novos ônibus chegam a São Sebastião

28/08/2013 - ASCOM DFTrans

Os usuários de São Sebastião passam a contar, a partir desta quinta-feira (29), com 80 ônibus zero quilômetro, que vão atuar em 28 linhas, antes operadas por empresas do Grupo Amaral (Viva Brasília, Rápido Brasília e Veneza). O governador Agnelo Queiroz e o vice Tadeu Filippelli fizeram a entrega simbólica dos veículos nesta quarta-feira (28).

"Nosso grande esforço é substituir todos os ônibus no DF e, em seguida, fazer ajustes nas linhas e horários para aumentar a frequência dos ônibus", destacou o governador Agnelo Queiroz, durante viagem inaugural, que foi feita entre o Jardins Mangueiral e o terminal de São Sebastião.

"Os moradores de São Sebastião vão usufruir de uma frota renovada, com maior qualidade e mais conforto. Os novos ônibus permitem fazer integração com os veículos já entregues de outras bacias, como, por exemplo, a Cidade Estrutural", destaca o diretor-geral do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Marco Antonio Campanella.

Os coletivos permitem aos passageiros, em um período de duas horas, fazer três (com dois transbordos) viagens pagando somente uma. Os veículos fazem integração com os ônibus da TCB, com os novos carros de outras regiões, além do metrô.

Os ônibus, que são da Viação Pioneira, têm a cor amarela e são equipados com bancos estofados, motores menos poluentes, itinerários eletrônicos, vidros fumê (para diminuir a incidência de luz solar), entre outros itens.

As demais linhas da região – que são 12 – continuarão a ser operadas pela Expresso São José até a chegada dos veículos zero quilômetro da Pioneira, que serão colocados, gradativamente, para rodar. Ao todo, São Sebastião vai receber mais de 140 veículos.

A Pioneira ganhou a licitação para operar na Bacia 2, onde estão também Jardim Botânico, Lago Sul, Candangolândia, Park Way, Santa Maria e Gama – além de Itapoã e Paranoá, onde a empresa colocou 40 ônibus no final de julho.

"A partir desta quinta, os moradores de São Sebastião vão sentir as melhorias tão esperadas no transporte. Aos poucos, vamos fazendo os ajustes necessários para servir melhor à população e prestar um serviço cada vez melhor", ressalta o diretor-técnico do DFTrans, Lúcio Lima.





Diretor-geral do DFTrans, Marco Antonio Campanella, e o diretor-técnico, Lúcio Lima, assinam as ordens de serviço que permitem os novos coletivos da Pioneira operarem em São Sebastião



Frota – Os novos coletivos já começaram a circular nas bacias 2 (Pioneira) e 5 (Expresso São José) – já são mais de 230 veículos.

Até outubro, outras duas empresas passarão a operar no DF: HP-ITA e Marechal, nas bacias 3 e 4, respectivamente.

E a Piracicabana (vencedora da bacia 1) colocará, até dezembro, outros ônibus em circulação, o que representará uma renovação total da frota do DF – ficando de fora apenas os micro-ônibus das cooperativas que possuem contratos vigentes.

Relação das linhas onde os novos ônibus vão operar (não haverá alteração de horário ou itinerário).

0.147

São Sebastião (R. BOSQUE) / L2 Sul / Rod.do Plano Piloto

0.180

São Seb./João Cândido/São Gabriel/Vila do Boa/Rod. Plano Piloto (Ponte JK)

0.182

São Seb.(Res. Bosque) / SAAN (Zoo - Park - SIA - Carrefour Norte)

0.183

São Sebastião ( Residencial do Bosque )/ Cond ESAF - BIG Box ) / Vila do Boa / B. Green

0.186

São Sebastião / Rodoviária do Plano Piloto (Eixo)

0.194

São Sebastião (B. São Fco - Qd. 09) / W3 Sul (Ponte JK )

0.195

São Seb. (Res. Bosque)/ L2 Sul / Rod. Plano Piloto (QI 15 Lago Sul)

0.196

São Sebastião (Res. Bosque) / L. Norte (Pte JK/ST.de Clubes Norte)

0.197

São Seb. (Res.Bosque-Vila São José-Qd.100/200)/W3 N. (Ponte JK)

0.198

São Sebastião (Res. Bosque) / Guará I - II (Núcleo Bandeirante)

0.199

São Sebastião (Res. Bosque) / Cruzeiro (Sudoeste - Octogonal)

147.2

São Sebastião (Res. Bosque) / W3 Sul (Ponte JK)

147.3

São Seb.(Res. Bosque-Qd. 100-200) / Rod. Plano Piloto (P. Costa e Silva)

147.7

São Seb. (Res. Bosque-Vila do Boa - B. Green)/Rod. Plano Piloto - (Pte Costa e Silva)

180.1

São Seb./ ( Res. Bosque - B. Vila Nova/São José( QD.100/200)Rod. Plano Piloto (Ponte JK)

180.2

Jardins Mangueiral / Rod. Plano Piloto (Ponte JK)

181.4

São Sebastião ( Residencial do Bosque-B.São Fco-B.S J -Qd.100/200 )/Aeroporto ( EPDB)

182.2

São Sebastião (Res. Bosque) / SAAN (Ponte JK)

183.2

São Sebastião ( Residencial do Bosque - Vila do Boa )/ Cond ESAF - BIG Box ) / Vila do Boa

183.6

São Sebastião ( Residencial do Bosque -São Francisco Qd. 100/200 Jardim Mangueral/Cond ( ESAF/BIG Box)

183.7

São Sebastião ( João Cândido-Itaipu-Cond. Estrada Sol - Balão J. Botânico)

194.1 -

São Seb.(Res. Bosque - Vila Nova/SJ - Qd. 100/200) / W3 Sul - Ponte JK

194.2

São Seb. (Res. Oeste - Pró/DF) / W3 Sul (Ponte JK)

196.1

São Sebastião (Res. Bosque) / Eixo Norte (Ponte JK)

196.2

São Sebastião(Res. Bosque- Q100/200)/Lago Norte (Ponte JK - Vila Planalto- Setor de Clubes Norte)

197.3

São Sebastião ( Bairro São Francisco Qd. 09-QI 23/Rod. Plano Piloto ( Ponte JK )

197.5

SÃO SEBASTIÃO (RES. OESTE - PRÓ-DF)/ROD. P. PILOTO (PONTE JK)

199.1

São Seb. (Res. Bosque - Q. 100 / 200) / Cruzeiro (Sudoeste - Octogonal)

terça-feira, 27 de agosto de 2013

BRT de Brasília até Luziânia diminuirá tempo de viagem em 45 minutos

27/08/2013 - Secretaria das Cidades

Estudos preliminares da Secretaria Estadual das Cidades apontam para redução de 45 minutos no tempo de viagem entre a região administrativa de Santa Maria, no Distrito Federal, e o município de Luziânia com a eventual construção do Bus Rapid Transit (BRT) entre as duas localidades. O projeto para obra foi apresentado pelo governo de Goiás ao Ministério das Cidades e está em fase final de avaliação, mas nos bastidores a aprovação é dada como praticamente certa.

Na semana passada, o governador Marconi Perillo (PSDB) e o secretário das Cidades, João Balestra, requisitaram ao Ibama que delegue à Secretaria de Meio Ambiente a competência para conceder licenças ambientais para construção do BRT. Técnicos entendem que a Semarh viabilizará o licenciamento com maior celeridade. Após a concessão das licenças, o processo licitatório será aberto de imediato. A previsão é para conclusão da obra em 18 meses.

O BRT Santa Maria-Luziânia será a extensão do Expresso DF, já em execução com recursos do PAC da Mobilidade, que até a Copa de 2014 vai conectar a região administrativa ao Plano Piloto. A previsão é de que sejam transportadas 147.700 pessoas diariamente. Em paralelo, o governo de Goiás também negocia a construção de um BRT entre Ceilândia e Águas Lindas, para atender demanda de 85.600 pessoas.

Fonte: Secretaria de Cidades

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Passageiros ateiam fogo em ônibus na DF-128, em Planaltina

22/08/2013 - Correio Braziliense

Passageiros de um ônibus atearam fogo contra um coletivo depois que o veículo quebrou, na manhã desta quinta-feira (22/8), em Planaltina, de acordo com a Central Integrada de Atendimento e Despacho (Ciade) do Corpo de Bombeiros.

Segundo a corporação, o incidente ocorreu por volta das 8h30, na DF-128. Duas viaturas da corporação foram enviadas ao local para conter as chamas.

Somente em agosto, pelo menos três ônibus foram queimados. O caso mais recente é de um motorista da Viplan que, na quarta-feira (21/8), ateou fogo no veículo porque estava insatisfeito com mudanças frequentes na carga horária de trabalho dele.

Fonte: Correio Braziliense

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Comil celebra venda de 466 ônibus para Viação Pioneira

10/07/2013 - Comil

A Comil acaba de fechar a comercialização de 466 ônibus urbanos à Viação Pioneira, do Distrito Federal – maior compra já realizada pelo cliente e uma das maiores vendas na história da fabricante gaúcha. O negócio reforça a credibilidade da marca na região central do País, especialmente na capital brasileira, importante vitrine para divulgação de seus produtos. Desse modo, a Comil assume definitivamente sua posição no segmento nacional de veículos urbanos às vésperas de inaugurar sua nova fábrica em Lorena, interior de São Paulo.

Foram encomendados pela Viação Pioneira 397 unidades do modelo Svelto, sobre o chassi Mercedes-Benz 1721, e 69 micros Piá Urbano, com o chassi também Mercedes LO 916. Em suas configurações, possuem algumas inovações, como sistema de abertura de portas elétrico (o sistema convencional é pneumático), monitores LCD na parte interna dos veículos para transmitir informações aos passageiros, sistema de monitoramento com quatro câmeras internas, sistema de áudio, entre outros. Estes ônibus chegam para renovar e ampliar a frota da empresa, que passará a contar, em breve, com uma frota de 640 veículos. Com previsão de entrega para os próximos meses, os novos ônibus serão utilizados em linhas regulares do Lote 2 do DF, referente a licitação que a empresa venceu para operação exclusiva nas cidades de Itapoã, Paranoá, Lago Sul, São Sebastião, Candangolândia, Park Way, Gama e Santa Maria.

Considerada uma das maiores companhias de transporte do Brasil, a Pioneira possui 35 anos de atuação e 17 de parceria com a Comil. "Estamos acompanhando a evolução de seus produtos, tanto na qualidade, design, quanto na fabricação, e percebemos um avanço constante. Outro ponto forte da marca é o pós-venda, cada vez mais desenvolvido para melhor atender o cliente", comenta Maurício Moreira, diretor operacional da Viação Pioneira, avaliando os principais itens que justificaram a grande compra. Com a novidade, segundo o executivo, a empresa espera reforçar a excelência de seus serviços aos passageiros do Distrito Federal.

Para Vagner Rigon, gerente nacional de vendas da Comil, a conclusão deste negócio com a Pioneira chancela a confiança do mercado nos produtos da fabricante gaúcha. A venda supera, por exemplo, os cerca de 300 ônibus comercializados ano passado para o Grupo Belarmino, de São Paulo, outra grande força no cenário nacional de transportes. "A região de Brasília ficou sem renovação por muito tempo. Este volume (466 unidades) representa um quarto do total de veículos que deverão ser renovados, criando a possibilidade de novos e expressivos negócios na região", destaca Vagner Rigon.

De acordo com Marcos Pimentel, consultor de negócios da Região Centro Oeste, compras expressivas como esta, realizadas por grandes grupos, colaboram fortemente para a divulgação dos modelos da fabricante no mercado. "Sendo a Pioneira uma das maiores companhias do setor no Brasil, possuindo a maior frota de nossa capital federal, temos ela como uma importante parceira e formadora de opinião no segmento", ressalta Pimentel sobre o orgulho de contar com a Pioneira no hall de clientes da Comil.

Conforme Rigon, o fechamento de bons negócios abre as portas para o maior e mais novo empreendimento da marca: a moderna fábrica de veículos urbanos na cidade paulista de Lorena, que será inaugurada no segundo semestre deste ano. "Estamos reforçando a nossa presença neste segmento, principalmente através de um portfólio de excelência em produtos, que atende as diversas necessidades de nossos clientes. Essa posição ganhará ainda mais força com o início das atividades da nova planta. Assim, estaremos aptos a atender volumes desta grandeza com maior frequência, de forma muito mais ágil, deixando para Erechim produtos de maior complexidade fabril".

Fonte: Comil

Obras do Eixo-Oeste começam neste semestre

02/07/2013 - Agência Brasília

As obras dos 38,7 km do Corredor Eixo-Oeste, que ligará Taguatinga e Ceilândia ao Plano Piloto, começarão Queiroz durante assinatura do contrato de R$544 milhões, valor destinado ao financiamento do projeto.

"Esta obra atinge a maior população demográfica do DF, já que essa área tem mais de um milhão de habitantes. A obra é estratégica e de fundamental importância para a melhoria da qualidade de vida", destacou o chefe do Executivo local, acompanhado do vice-governador, Tadeu Filippelli.

O acordo firmado hoje teve contribuição de R$517 milhões do Ministério das Cidades e R$27,2 milhões de contrapartida do GDF.

Além desse valor, o governo local ainda contribuirá com R$32,5 milhões, e receberá do Orçamento Geral da União outros R$ 148 milhões, o que totalizará R$ 725 milhões em investimento.

"Essas obras preparam o país para o futuro e é uma alegria poder participar desse projeto. Essas parcerias são fundamentais, e falar em investimentos como esse, estamos falando em devolver tempo e vida para as pessoas", acrescentou o Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro.

ACESSOS - O novo corredor contará com um túnel de aproximadamente 1km embaixo da Avenida Central de Taguatinga -pista que liga a EPTG à Avenida Elmo Serejo-, e a expectativa do GDF é reduzir os congestionamentos que se formam ao longo dos acessos à região central da cidade.

No projeto, o Executivo prevê o alargamento de pistas e a construção de faixas exclusivas nas principais vias de acesso a Taguatinga, como a Hélio Prates, Comercial Norte, Samdú e Estrada Parque Indústrias Gráficas (EPIG).

Com a chegada do Eixo-Oeste à região, as Avenidas Comercial e Samdú terão mão única – o projeto prevê que uma das vias tenha o fluxo voltado ao centro da cidade e outra opere em sentido contrário.

A EPIG, por sua vez, terá 5,4km revitalizados e passará, também, a contar com quatro faixas de rolamento em cada sentido, uma delas destinada exclusivamente aos ônibus.

Serão construídos ainda quatro conjuntos de viadutos que desafogarão o trânsito nas principais avenidas, como a do Setor Policial Sul e a do Parque da Cidade.

De acordo como governador, todos os estudos foram feitos para que as obras sejam realizadas de forma planejada para evitar transtornos à população.

Fonte: Agência Brasília