sexta-feira, 5 de abril de 2013

Licitação do novo sistema de transporte público do DF entra em reta final

01/04/2013 - GDF

Tolentino Melo, da Agência Brasília

Foto: Pedro Ventura

Última fase de análise da documentação das empresas que vão operar o serviço de ônibus começa esta semana. Veja em que etapa está a licitação para sua região

Uma nova era no transporte coletivo deve começar nos próximos meses no DF. Os tradicionais ônibus velhos, pouco seguros, quebrados e desconfortáveis devem ser definitivamente aposentados. Em seu lugar entrará em funcionamento um renovado e completo plano de transportes, mais ágil, e inteligente. O complexo processo para licitar o novo modelo, baseado em bacias, entrou em sua reta final, com a abertura dos envelopes das empresas concorrentes da Bacia 3.

Diferentemente da estratégia atual, composto por linhas longas, demoradas e operadas por veículos sucateados, o novo método será regionalizado. São as chamadas bacias, grupo de cidades onde o serviço de transporte será prestado por uma empresa ou consórcio que, para ser habilitado, precisa provar sua capacidade de transportar os brasilienses com rapidez, comodidade e segurança. Ao todo serão cinco bacias.

Quando o processo for concluído, no segundo semestre deste ano, a capital federal terá o mais moderno sistema de transporte público do país. Isso porque, desde dezembro do ano passado, os ônibus urbanos que entram em circulação no Brasil precisam obedecer ao padrão Euro 5, uma classificação dada a veículos mais silenciosos, confortáveis e menos poluentes. Como o DF é a única unidade da Federação com processo de licitação de parcela significativa de sua frota, os brasilienses serão os primeiros a serem beneficiados pelo padrão.

Conheça as cinco bacias e saiba em que etapa do processo licitatório elas se encontram.

Bacia 1

A bacia incluirá Plano Piloto, Sobradinho I e II, Planaltina, Cruzeiro, Lago Norte, Sudoeste/Octogonal, Varjão e Fercal. O Consórcio HP-ITA (GO), a Auto Viação Marechal Ltda, de Curitiba (PR) e a Viação Piracicabana, de Piracicaba (SP) foram as empresas habilitadas. Contudo, as duas primeiras estão também concorrendo às bacias 3 e 4. Como cada empresa só poderá operar uma das bacias, a expectativa é que a Viação Piracicabana seja a vencedora da Bacia 1. O envelope da empresa deve ser aberto assim que as vencedoras das regiões 3 e 4 sejam definitivamente anunciadas.

Bacia 2

Farão parte dessa bacia Gama, Paranoá, Santa Maria, São Sebastião, Candangolândia, Lago Sul, ParkWay, Jardim Botânico e Itapoã. A vencedora foi a Viação Pioneira, que já opera no DF. O contrato com o GDF foi assinado em dezembro de 2012. A empresa tem, por lei, seis meses para se adequar ao novo modelo. Assim, até o início de julho, haverá novos ônibus rodando na região.

Bacia 3

Nesse grupo estão as regiões do Núcleo Bandeirante, Samambaia, Recanto das Emas e Riacho Fundo I e II. O envelope com as propostas das duas empresas habilitadas – o Consórcio HP-ITA (GO) e a Auto Viação Marechal Ltda, de Curitiba (PR) – foi aberto na última quinta-feira (28). Os documentos estão em análise, e nas próximas semanas a empresa vencedora será conhecida. Depois desse período, a contratada terá seis meses para implantar o sistema. A expectativa do GDF é que, devido ao grande porte das duas concorrentes, a ganhadora opere antes do prazo máximo, em setembro.

Bacia 4

A quarta bacia é formada por parte de Taguatinga, do ParkWay e de Ceilândia, além do Guará e de Águas Claras. As duas empresas habilitadas são o Consórcio HP-ITA (GO) e a Auto Viação Marechal Ltda, de Curitiba (PR). Como uma das duas sairá vencedora da Bacia 3, apenas a proposta da outra será aberta. Isso deve acontecer assim que o processo da Bacia 3 for concluído. O prazo legal para a sua operação também é de seis meses.

Bacia 5

A Bacia 5 inclui o restante de Taguatinga e Ceilândia, Brazlândia, SIA, SCIA e Vicente Pires. Em dezembro o GDF assinou o contrato com a Expresso São José, que já opera no Distrito Federal. O prazo para o funcionamento do modelo nessas regiões vai até a primeira semana de julho.

Nenhum comentário: