quinta-feira, 7 de março de 2013

Dono do Grupo Amaral ameaça matar governador Agnelo Queiroz

28/02/2013 - Jornal Alô Brasília

O dono do Grupo Amaral, Dalmo Amaral ameaçou matar o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz e do vice, Tadeu Filippelli (PMDB). A informação foi divulgada pela coluna do jornalista Cláudio Humberto. Segundo a publicação, o empresário do Grupo Amaral fez as ameaças após o GDF assumir o controle de três empresas que prestam serviço ao transporte público do DF.

Por conta da ameaça, a segurança do governador e do vice foi reforçada. Na última segunda-feira (25), Dalmo Amaral se mostrou irritado com a intervenção do governo e se referiu a "contas a ajustar" com Fillippelli.

Ainda segundo a coluna, em comunicado, o GDF afirmou que ao menor movimento, o empresário será preso. O secretario de Transportes do DF, José Walter Vasques, e o presidente da TCB, Carlos Alberto Koch também estão sob proteção da polícia.

O Grupo Amaral construiu uma das maiores frotas de ônibus do Distrito Federal. A frota chegou a 1.400 veículos, mas atualmente apenas 200 estão operando. O GDF resolveu intervir na empresa após constatar que os coletivos que deveriam prestar serviço para o DF, estavam sendo desviados para cidades do Entorno.

Fonte: Jornal Alô Brasília

Nenhum comentário: