sábado, 1 de setembro de 2012

Prefeitura de Planaltina de Goiás aciona Justiça e abaixa preço das passagens de ônibus

31/08/2012 - Prefeitura de Planaltina de Goiás

Se não bastasse a administração de 2009 a 2012 de Planaltina de Goiás ter lutado e enfrentado um dos grupos mais poderosos do transporte coletivo de Brasília e Entorno, o Grupo Amaral, indo contra os interesses que contrariam a atual oposição e ter lutado pela quebra do monopólio para a entrada de uma nova companhia, os empresários demonstram, como sempre, que buscam, única e exclusivamente, o lucro, mas a luta continua.

No dia 1º de julho deste ano, a Viação Monte Alto aumentou o preço das passagens de R$ 3,50 para absurdos 4 reais. Por conta disso, a administração ingressou com uma ação judicial requerendo a manutenção do preço da passagem e saiu vitoriosa. Desde 7 de agosto, foi concedida uma liminar na qual a empresa terá que reduzir o preço das passagens.

A prefeitura requereu a concessão de medida liminar a fim de que seja determinado à requerida, neste caso, reajuste determinado pelo índice estipulado pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), qual seja 2,874%, devendo ser cobrada a tarifa de R$ 3,60 para todas as linhas ligando Planaltina de Goiás à Rodoviária do Plano Piloto, bem como seja aplicado o mesmo percentual às demais linhas. Além disso, outras ações estão sendo desenvolvidas para barrar a ganância dos empresários que não respeitam a população.

Um comentário:

Sagittarius. disse...

Já imaginou Brasília sem carros, por um dia?
Se a gente imagina, é possível.

Dia Mundial Sem Carro 2012 .
Participe com a gente.
Dia 22 de setembro.
De 15 a 22, diversas atividades e locais.

Vamos reunir quem acredita numa cidade melhor!


É só um dia.
Mas é muito mais que um dia. Vem.

Twitter @DiaSemCarroDF
Email
DiaSemCarroDF2012@gmail.com
Facebook Dia Mundial sem Carros

Sobre o COLETIVO DIA MUNDIAL SEM CARRO DF 2012:
O Coletivo é formado por qualquer ONG, cidadão ou grupo que queira participar da
organização. Atualmente, estão envolvidos mais de 14 entidades, mobilizando cerca de
70 pessoas.