segunda-feira, 16 de abril de 2012

Planaltina e Sobradinho continuam sem reforço nos ônibus

16/04/2012 - Alô Brasília

Na última quinta-feira (11), cerca de 100 passageiros de três ônibus que quebraram na BR 020, em Planaltina, interditaram a pista por 5 horas. Os usuários do transporte público se revoltaram e pararam os dois sentidos da via que liga Planaltina ao Plano Piloto. Na ocasião, um representante do Transporte Urbano do Distrito Federal (Dftrans) se comprometeu a reforçar às linhas com 30 coletivos reserva até o dia seguinte ao protesto.

Nesta segunda-feira (16), o diretor do DFTrans Marco Antônio Campanella, afirmou que a medida não foi colocada em prática. Os moradores da região norte do DF continuam reclamando da falta de ônibus e da precariedade dos veículos. Marcilene Martins, de 26 anos, vai todos os dias de Planaltina para o trabalho na Asa Norte. “Os ônibus quebram todos os dias, só hoje vi três quebrados quando estava indo para o trabalho. No Condomínio Estância, onde eu moro, os ônibus só passam lotados e não param nas paradas. Na hora de voltar pra casa é pior ainda, todo mundo tentando voltar ao mesmo tempo e não tem coletivos suficientes para todo mundo”, argumenta.

Segundo o DFTrans uma empresa será contratada em caráter emergencial para reforçar às linhas de ônibus na região, mas não há data certa, provavelmente para o mês que vem. O protesto de passageiros motivou uma ação do Ministério Público para investigar se o trabalho das empresas que atuam na região é adequado. Caso sejam comprovadas irregularidades, as empresas podem ser multadas em até 10% do valor que é arrecadado semestralmente.

Corredor exclusivo

Nesta segunda-feira, o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) liberou a licitação para a implantação de um corredor exclusivo para ônibus que deve atender aos passageiros da região norte. Pelo projeto do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), a obra vai custar R$ 12,6 milhões. Além do corredor exclusivo para veículos do transporte público, o projeto prevê ainda a implantação de terminais de embarque e desembarque de passageiros.

O próximo passo é escolher a empresa para realizar às obras, após este processo do início das obras, até a entrega final dos trabalhos deve durar cerca de 5 anos.

Fonte: Jornal Alô Brasília (http://www.alo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=164863)

2 comentários:

Anônimo disse...

até hoje esses novos ônibus não estão irculando em planaltina eram na verdade para estarem circulando no mês de maio.

Anônimo disse...

Gente, agora que está enfrentando umas das piores situações que já vi, são os usuários de Planaltina para Sobradinho.. Não sei se vocês viram, mas todos os ônibus foram substituídos por microonibus.. um total absurdo, pois se antes já era um horror conseguir um transporte entre as duas cidades, agora então, está mil vezes pior.. uma total falta de respeito com quem precisa usar essa coisa horrorosa que é o transporte público no DF.