quarta-feira, 13 de julho de 2011

Donos da Coopatram tentam fazer protesto contra decisão judicial

13/07/2011 - Correio Braziliense

Os cooperados da Cooperativa de Profissionais Autônomos de Transporte de Samambaia (Coopatram) tentaram, nesta manhã de quarta-feira (13/7), iniciar uma manifestação na BR-020. Os donos da Coopatram pretendiam fechar a rodovia com pneus em chamas. No entanto, uma ação da polícia que retirou os pneus impediu o protesto.

A manifestação tinham o objetivo de pressionar a Justiça a liberar os veículos da Coopatram que faziam as linhas Planaltina, Vale do Amanhecer e Arapoanga e foram apreendidos após uma decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), de acordo um dos diretores do Sindicato dos Rodoviários, José Carlos Fonseca, mais conhecido como Gibran.

Relembre o caso

A Justiça determinou, em junho, a apreensão de todos os ônibus da Coopatram devido ao não pagamento de uma dívida da cooperativa com o Banco de Brasília (BRB). De acordo com informações do processo, a dívida tem origem em um financiamento de 100 ônibus da empresa.

A Coopatram vem operando com dificuldades financeiras desde o início do ano. Em março, todos os 350 funcionários da cooperativa cruzaram os braços e resolveram paralisar os serviços. Em fevereiro, os coletivos da empresa ficaram parados por 22 dias.

Para evitar transtornos aos passageiros, na época, o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) prometeu providenciar coletivos para atender os itinerários operados pela Coopatram, em especial de Planaltina para o Plano Piloto.

Fonte: Correio Braziliense (http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2011/07/13/interna_cidadesdf,260971/donos-da-coopatram-tentam-fazer-protesto-contra-decisao-judicial.shtml)

Nenhum comentário: