quinta-feira, 5 de agosto de 2010

GDF que implementar sistema de bilhetagem automática antes do prazo

04/08/2010 - Correio Braziliense

O Diário Oficial do DF publicou ontem a nova Lei do Passe Livre, 4.494/2010, alterada após uma sequência de erros de previsão nas estimativas de custos pela primeira lei, aprovada em janeiro deste ano. Uma das mudanças previstas é a implementação do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA), que, segundo informações do secretário de Governo, Geraldo Lourenço, pode entrar em vigor em menor prazo. Esse é um dos principais problemas que provocam as quilométricas filas para os quase 132 mil usuários que se concentram em frente a Fácil Brasília Integrada, empresa que faz recarga do cartões no sistema atual.

Segundo a lei, o prazo mínimo para a execução das ações previstas no texto é de 30 dias e o máximo em fevereiro de 2011. Lourenço revelou que a equipe multidisciplinar, formada por membros de várias secretarias que tem avaliado o sistema de transporte do DF, continua trabalhando para implementar esse sistema o quanto antes. "Achamos possivel pela facildiade de implementar a bilhetagem eletrônica. As máquinas que estão instaladas no ônibus já dispõe dessa possibilidade por meio da programação dos cartões para tal". 
Recarga

Atualmente o sistema de máquinas que está instalado nas roletas já fazem, por exemplo, a recarga automático dos cartões de vale-transporte de funcionários públicos do GDF.

Para o ativista do Movimento do Passe Livre (MPL), Paique Lima, é importante acelerar a implementação da bilhetagem automática e a nova forma da lei. Para ele, o prazo de seis meses dá muita margem para "manobras". "Vamos continuar mobilizados caso tentem mais uma vez derrubar nosso direito", disse.

Nenhum comentário: