terça-feira, 27 de julho de 2010

Nova Rodoviária começa a operar no domingo


(21/07/2010 - 17:10) - GDF


Mais ampla e mais moderna, estação interestadual deverá atender cerca de 140 mil passageiros por mês. Entrega da obra foi prioridade do comitê coordenado pela vice-governadora Ivelise Longhi.
No próximo domingo (25), o DF ganhará uma nova rodoviária interestadual. Mais ampla e moderna, a estação construída na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (EPIA), ao lado da Estação Shopping do metrô, deverá atender cerca de 140 mil passageiros por mês.
Criado para agilizar obras emergenciais em andamento no DF, o comitê dirigido pela vice-governadora Ivelise Longhi estabeleceu a inauguração da nova rodoviária de Brasília como uma das prioridades. “Os moradores da cidade merecem uma rodoviária mais bonita e com mais conforto, por isso juntamos esforços para colocá-la em funcionamento o mais rapidamente possível”, explicou Ivelise.
No novo terminal embarcarão e desembarcarão passageiros com destino superior a75 quilômetros da capital federal. De acordo com a Secretaria de Transportes, pelo menos duas novas linhas de ônibus para melhorar o acesso à nova rodoviária estão sendo testadas. Uma fará o trajeto Nova Rodoviária, Estação Shopping do metrô, Fórum, Terminal da Asa Sul e Rodoviária do Plano Piloto, passando pela W3. A outra vai operar como uma espécie de circular entre a rodoferroviária e a nova rodoviária, passando pela Candangolândia.
A construção do prédio e a exploração do novo terminal ficou a cargo de um consórcio formado pelas empresas JCGontijo, Artec e Socicam, que ganharam a licitação lançada em 2007. Caberá à Secretaria de Transportes administrar a concessão e fiscalizar o cumprimento do contrato em acordo com o que foi estabelecido no edital.
Inicialmente a expectativa era de que a nova estação pudesse começar a operar até o fim de junho. No entanto, a necessidade da construção de novos acessos e alguns ajustes técnicos da obra junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) acabaram atrasando a transferência do controle para a Secretaria de Transporte, uma das etapas finais do processo.
De acordo com o edital para construção da nova rodoviária, venceria a concorrência a empresa que apresentasse o menor valor para erguer a obra e o maior valor para um dos lotes vizinhos, que seria dado em pagamento pela construção. A diferença seria devolvida aos cofres do GDF.
Para evitar questionamentos futuros sobre os valores da transação, considerando os custos da época, o Tribunal de Contas do DF pediu uma nova avaliação do lote que será repassado às construtoras. O cálculo será feito pela Terracap, pela Caixa Econômica Federal e pela Câmara de Valores Imobiliários (CVI) e também levará em conta o potencial construtivo previsto no edital. A reavaliação, no entanto, não impedirá o início da operação da nova rodoviária interestadual. 
Radiografia:
NOVA RODOVIÁRIA DE BRASÍLIA
20 mil metros quadrados de área construída
32 Boxes para ônibus
10 estabelecimentos comerciais e 4 quiosques
Atenderá cerca de 140 mil passageiros por mês
39 empresas de ônibus interestadual vão operar no local

Linhas em fase experimental:

·        108.8
·        Empresa: TCB
·        Percurso: Rodoviária do P. Piloto / W3 Sul / Estação Asa Sul / passa em frente ao Fórum próximo ao Park Shopping / Rodoviária Interestadual
·        Viagens com intervalos de 20 minutos
·        Primeira viagem: 6h
·        Última viagem: 23h
·        108.9
·        Empresa: COOPATRAM
·        Percurso: Rodoviária P. Piloto / Eixo Monumental / Rodoferroviária / Rodoviária Interestadual / volta para Rodoviária pelo Eixinho
·        Viagens com intervalo de 1 hora
·        Primeira viagem: 7h
·        Última viagem: 16h
Fonte: Agecom GDF/ Ascom STDF

Nenhum comentário: