quarta-feira, 7 de julho de 2010

Acaba paralisação parcial dos rodoviários



Isaías Monteiro Correio Braziliense
Publicação: 07/07/2010 17:57 Atualização: 07/07/2010 18:33
Para garantir a volta para casa dos usuários do transporte coletivo, o Sindicato dos Rodoviários do DF determinou o fim da paralisação parcial da categoria, iniciada na tarde desta quarta-feira (7/7). Segundo o diretor do sindicato, Lúcio Lima, representantes das empresas chamaram a categoria para uma reunião nesta tarde.

No dia 24 de junho, os rodoviários aceitaram a proposta de reajuste de 9% em cima do salário e em benefícios. Mas, nesta quarta, os trabalhadores de três empresas do Grupo Amaral (Rápido Brasília, Viva Brasília e Veneza) e da São José receberam apenas parte do que ficou acordado e decidiram cruzar os braços.

No entanto, segundo o próprio Sindicato dos Rodoviários, o que houve foi um adiantamento. Lúcio Lima explicou que as empresas depositaram uma parcela do pagamento nesta quarta e se comprometeram a quitar o restante amanhã, dia em que vence o prazo dos patrões. Mas os trabalhadores desconfiaram da promessa de que haveria uma segunda parcela e fizeram a greve.

Apesar de parcial, a paralisação prejudicou moradores de diversas localidades. As empresas do Grupo Amaral atuam em Sobradinho, Planaltina e Paranoá. Os coletivos da viação São José também atuam no Paranoá e Planaltina, além de fazer o transporte no Plano Piloto, Samambaia, Sobradinho, São Sebastião, Recanto das Emas, Riacho Fundo e Gama.

Nenhum comentário: